Contador fala sobre prazo final da declaração do Imposto de Renda


Na manhã desta segunda-feira, dia 30, o Programa “Linha Direta”, apresentado por Jairo Alves de Almeida entrevistou o Contador Josevaldo Mota. Na pauta, os detalhes para a reta final da declaração do Imposto de Renda de 2022. O prazo será encerrado nesta terça, dia 31 de maio.


Para o contador, as pessoas devem ficar atentas ao horário da entrega. “O Sistema da Receita Federal recebe as declarações até às 23 horas e 59 minutos de amanhã. Depois não adianta enviar, pois será tudo bloqueado. A dica que dou é enviar o quanto antes, pois o site que recebe as declarações já apresenta certa lentidão desde o último sábado”, alertou Josevaldo.


Apesar do prazo ser prorrogado de 30 de abril até 31 de maio, o profissional da contabilidade disse que muita gente ainda está enviando nos últimos momentos. Segundo dados da Receita Federal, já foram enviadas em todo país quase 29 milhões de declarações. A meta é receber cerca de 34 milhões. “Considero um numero muito bom de declarantes. No entanto, as pessoas que ainda faltam não devem deixar para amanhã. O quanto antes entregar é melhor. Se por acaso ficar faltando algum dado ou documento, declare assim mesmo e depois faz a retificadora. O pior é pagar multa se não declarar a tempo”, destacou.


Entre as dúvidas de ouvintes, uma que Josevaldo Mota comentou foi sobre a questão de órteses e próteses, que podem ser usadas na restituição. Para ele, as pessoas devem ficar atentas quando forem preencher os dados. “Se por acaso a pessoa usa aparelho de audição, o médico deve colocar na receita prótese auditiva, ai o sistema da Receita vai entender e poderá liberar o valor a ser restituído. Se não for feito assim, a pessoa perde o direito”, detalhou.


O contador relembrou as novidades da declaração deste ano. Entre elas, está poder fazer o pagamento do imposto ou recebimento de restituição via PIX e a identificação dos dependentes. “Tudo isso foi feito para facilitar a vida das pessoas que a cada ano fazem o mesmo procedimento. No caso de pagar o imposto, mostra agilidade. Quando mais for rápido, a restituição pode acabar saindo também, e da mesma forma, receber automaticamente em conta”, comentou Josevaldo.


Ao final, o profissional destacou o publico que é obrigado a declarar. Além dos moradores da cidade, existe também uma parcela do campo que pode prestar contas ao leão. “As receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 em 2021 deverão declarar. E quem exerce atividade rural, também deve declarar. Nesse caso é para quem teve receita bruta superior a R$ 142.798,50 no ano passado”, lembrou Josevaldo Mota.



Portal C8 Notícias

Fotos: Rozendo Aragão