Comerciantes de produtos juninos devem fazer solicitar espaço público


Em Aracaju, durante o período de festejos juninos, a procura e venda de produtos típicos da época, como fogueira e milho, tem um grande aumento. Sendo assim, para promover o ordenamento dos espaços públicos da cidade, a Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), já recebe as solicitações dos comerciantes destes tipos de mercadorias.


As pessoas que se interessarem devem comparecer ao setor de Protocolo da Emsurb. É necessária a apresentação de alguns documentos, como o ofício de solicitação do espaço, Identidade e comprovante de residência. Para as pessoas que irão vender fogueiras além desses documentos será necessário, também, o registro que comprove a origem da madeira.

Para o Diretor de Espaços Públicos e Abastecimento, Bira Rabelo, todos os comerciantes devem ficar atentos ao passo a passo. “Após efetuar o pagamento da taxa de ocupação de espaço público, eles escolhem o local, seguindo o que foi disponibilizado pela Emsurb. O valor cobrado é calculado por metro quadrado de área a ser utilizada”, informou


Os locais autorizados para o comércio dos respectivos produtos são a praça Dr. Ranulfo Prata, no Bairro Getúlio Vargas, o canteiro da Avenida José Carlos Silva, no Conjunto Augusto Franco, e em uma área na Avenida Delmiro Gouveia, no Bairro Coroa do Meio. Nestes pontos, a venda estará permitida a partir do dia 1º de junho.


O Diretor lembra que a empresa municipal já reforçou as ações de fiscalização em diversas localidades. “Tudo isto visa inibir a ocupação indevida das áreas públicas, bem como o funcionamento de pontos de venda sem a estrutura adequada para a comercialização”, afirmou Bira Rabelo.



Portal C8 Notícias

Foto: Felipe Goettenauer/PMA