Clovis Silveira assume direção do Solidariedade em Sergipe


O Programa “Linha Direta” desta quinta-feira, dia 31, entrevistou o empresário Clovis Silveira. Ele comentou sobre as perspectivas politicas para este ano e também aproveitou o período de janela partidária e confirmou a ida para o Solidariedade, partido que ele passa a presidir no estado.


Logo de inicio ele comentou sobre o partido onde estava e quais ele poderia ir. “Estávamos no Avante, mas tinha projetos para colocar nosso agrupamento para outros partidos, a exemplo do PTB. Já tínhamos até um bom entrosamento, mas com as declarações da direção nacional de apoiar outro agrupamento, ai decidimos não entrar. Também surgiu a possibilidade do MBD, mas também não foi possível. Ai agora estamos à frente do Solidariedade no estado”, destacou.


Questionado do motivo de ir ao Solidariedade, Clovis Silveira afirmou que foi mais por questão de segurança. “Nossa ida teve também este aspecto de ter uma sigla de respaldo. Estaremos atuando nessa Eleição no apoio. Uma vez que, devido a minha idade e minha saúde, não irei disputar cargos”, detalhou.


Perguntado sobre dificuldades para este ano, o líder do Solidariedade no estado disse que o momento requer atenção de quem deseja participar. “Muitos dos partidários já estavam articulando suas conversas e isso pode complicar e esvaziar siglas, criando dificuldade para formar chapa. Nosso pensamento não é somente o cargo executivo, mas queremos formar bons nomes para o legislativo. Pelo menos um federal”, alegou Clovis.


Com relação a quem vai apoiar a nível estadual e federal, Silveira destaca que tem a federação bem encaminhada com o PT. “A nível de Sergipe o partido já está com o Pré-Candidato e atual Senador Rogério Carvalho. Já no quesito nacional, estamos sob analise. Pode ser também que sigamos com a pré-campanha de Lula, mas isso vai depender de cada integrante”, afirmou.


Ao final, Clovis Silveira falou de nomes que estão integrando no partido, a exemplo das Deputadas Gracinha e Maria Mendonça e disse que a família dele terá um pré-candidato. “Como não estou com muitas condições de saúde, decidi com meus familiares não ser pré-candidato a federal. Mas estou lançando para Clóvis Neto para a pré-candidatura a disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. Enquanto isso sigo nos bastidores articulando”, comentou.



Portal C8 Notícias

Foto: Alese/Reprodução