Ciosp registra desobediência aos decretos no São João


O Centro Integrado de Segurança Pública (Ciosp) divulgou nesta sexta-feira o grande número de ocorrências relacionadas ao desrespeito dos decretos do Governo que proibiam venda e acendimento de fogueiras e fogos. A medida era por conta da pandemia da covid-19.


Foram registradas 633 ocorrências relacionadas a venda e acendimento de fogos e fogueiras. Apesar do alto número de casos, houve uma redução de 10% se comparado com o mesmo período de 2020.


Com 33 ocorrências, o Bairro Industrial, na zona norte da capital, foi o campeão de chamados. Os problemas mais requisitados foram devido a comercialização de fogos e pessoas que teimaram em acender fogueiras. A orientação do Ciosp é para que as pessoas evitem ir contra o que pede o decreto, até o dia 30 de junho. Em caso de denúncia, o número de contato é o 190.



Portal C8 Notícias

Foto: ASN