Aulas presenciais da rede pública começam na segunda-feira


Depois das festividades de Carnaval e de planejamento para o retorno seguro, as escolas das redes Estadual e municipal de ensino abrirão as portas para o inicio do ano letivo de 2022. A partir de segunda-feira, dia 7 de março, os estabelecimentos vão acolher os estudantes e professores de forma 100% presencial.


Na Rede Estadual de ensino, as aulas seriam iniciadas pouco antes do Carnaval. No entanto, devido a adequações dos protocolos sanitários, o inicio das aulas presencias foi adiado. De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, da Cultura e do Esporte, todos os estabelecimentos de ensino vêm passando por desinfecção, além do recebimento de recursos para adequação e manutenção dos protocolos. Uma solenidade será realizada na segunda-feira, dia 7, às 9 da manha no Teatro Atheneu para a retomada das atividades escolares.


No caso de Aracaju, a Secretaria Municipal de Educação vai realizar o acolhimento em todas as 74 escolas da cidade. São esperado cerca de 30 mil alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. "Iniciaremos o ano letivo de forma segura e planejada. As nossas escolas estão equipadas e com capacidade para cumprir todos os protocolos de segurança sanitária. Com verbas federais e municipais, as unidades adquiriram materiais de higiene pessoal e coletiva. Pedagogicamente, já no início do semestre letivo, aplicaremos uma prova diagnóstica que será um dos nossos norteadores para as próximas ações, visando diminuir os prejuízos causados pela pandemia no aprendizado dos estudantes", detalhou a secretária municipal da Educação, Cecília Leite.


Além da volta as aulas da rede municipal, a Prefeitura vai reiniciar a vacinação de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos contra a covid-19. O calendário, estabelecido entre as Secretarias da Saúde e da Educação, através do Programa Saúde na Escola (PSE), será iniciado no dia 7 e seguirá durante todo o mês de março e contempla as escolas municipais de Educação Infantil (Emeis) e Ensino Fundamental (Emefs).Todos os estudantes receberão um termo de autorização, que deverá ser preenchido pelos pais ou responsáveis, permitindo que sejam vacinados na escola. Além disso, é obrigatória a presença de um responsável pelo aluno durante a vacinação.



Portal C8 Notícias

Foto: Agência Brasil