Arquidiocese de Aracaju ganha Associação de Juristas Católicos


Está nascendo a Associação de Juristas Católicos da Arquidiocese de Aracaju (AJUCAT). A cerimônia de implantação ocorrerá na terça-feira, dia 20, às 15h, na Cúria Metropolitana, com a participação do arcebispo metropolitano, dom João José Costa e integrantes da diretoria da entidade. O grande propósito da AJUCAT é “integrar profissionais e acadêmicos do âmbito do Direito e da Justiça, cujo intento se fundamente na preservação de uma atuação técnica das ciências jurídicas e dos valores cristãos da ética moral católica em todas as esferas sociais da vida pública e privada”.

São alguns dos objetivos específicos elencados no Estatuto da Associação: refletir sobre os problemas do mundo contemporâneo, ratificando a defesa da Dignidade Humana e o apelo constante às suas garantias fundamentais e deveres decorrentes; difundir a doutrina e o ensinamento social da Igreja, afirmando a proteção da vida humana e da família, a partir da conscientização acerca de seus direitos, garantias e deveres fundamentais. Além disso, a entidade se propõe a defender e promover a democracia, a liberdade e a justiça social.

A diretoria executiva da AJUCAT enfatiza que a Associação nasce na perspectiva do “próximo”, que "não é somente aquele que está perto e/ou se aproxima, mas é, notadamente, o que buscamos: o ferido, periférico e marginalizado pelas violações de direitos individuais, sociais e fraternos, já defendidos na Constituição Federal e em nossa Igreja Particular”. O advogado Adelmo dos Santos Junior acentua que a experiência concreta com outras Associações de Juristas Católicos contribuiu para reflexão, discernimento e unidade de sua constituição.

A cerimônia de criação da AJUCAT será transmitida pela WebTV Cultura.