Arquidiocese de Aracaju celebra o Dia do Padre


Nesta quarta-feira, dia 04 de agosto, a Igreja celebrou o Dia do Padre. A data foi marcada com uma Missa presidida pelo Arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa e com a presença de grande parte dos sacerdotes da Arquidiocese. O ato religioso ocorreu no espaço celebrativo da Catedral Metropolitana, no anexo da Rádio Cultura.


Durante a Homilia, Dom João recordou a memória de São João Maria Vianney, Patrono dos Padres e lembrou a missão de cada um. “Todos receberam o dom de levar a Palavra Divina através da vida sacerdotal. Que cada um possa acolher esta graça de ser a direção que leva o povo até Deus”, destacou o religioso.


Atualmente a Arquidiocese de Aracaju tem 170 padres. Um deles é o Padre Jadilson Andrade, do Santuário de Nossa Senhora Aparecida no Bugio. Para ele ser padre é ser servo por amor. “É fundamental atualizar o momento que nós fomos ordenados para que nossa missão seja para sempre. Que nós possamos entender sempre esse trabalho árduo, mas gratificante. Tudo para a Glória de Deus. Celebramos hoje a certeza de que seguimos o caminho do bem”, destacou.


O Padre Dácio é da Matriz de Nossa Senhora do Bom Parto em Itabaiana. Segundo o sacerdote, o Dia do Padre é motivo de gratidão a Deus. “Agradecemos a vocação que Ele nos deu e renovamos as nossas promessas sacerdotais. Além disto, Deus nos dá o ânimo todos os dias para sermos outro Cristo e fazer às vezes Dele. Tudo pelo povo de Deus”, detalhou.


Quem também esteve na celebração foi o Padre Mauricio Martins, da Matriz de Nossa Senhora de Guadalupe no Coqueiral. O religioso fez questão de recordar a memória do Patrono dos Sacerdotes. “São João Maria Vianney é um exemplo para todos os Padres, não só os mais jovens, mas também os que já tem muitos anos de missão. Além disto, lembramos também muitos jovens com grande inquietude vocacional. Que eles possam descobrir a beleza de conhecer este caminho do Reino de Deus”, afirmou.



Portal C8 Notícias

Fotos: Carlos Barbosa