Aracaju registra segundo caso de malária


A Secretaria da Saúde de Aracaju registrou o segundo caso de malária na capital. Uma mulher que veio de viagem de Porto Velho em Rondônia contraiu a doença. Este é o segundo caso em menos de uma semana que a saúde de Aracaju confirma.


A primeira ocorrência foi anunciada na última sexta-feira, dia 05. Uma jovem que voltou do Amazonas também teve os sintomas e chegou a ser internada. As informações dizem que ela já está com um quadro melhor de saúde e foi desentubada.


Segundo a Secretária de Saúde de Aracaju, Waneska Barboza, esta segunda ocorrência também está sendo acompanhada por especialistas. “A pessoa reside em Aracaju, mas passou uma semana em Porto Velho. Chegou com algumas sintomas, como febre e dor de cabeça. Fez o teste e deu negativo para a covid-19. Ao fazer a testagem da malária, deu positivo. Ela tem uma evolução leve e está sendo cuidada pela família”, pontuou.


A malária é uma doença infecciosa febril aguda transmitida pela picada da fêmea do mosquito Anopheles. Os sintomas mais comuns, calafrios, febre alta (no início contínua e depois com frequência de três em três dias), dores de cabeça e musculares, taquicardia, aumento do baço e, por vezes, delírios. Outros sintomas também podem ser desenvolvidos.



Portal C8 Notícias

Foto: IStock/Getty Images/divulgação