Anvisa identifica 2 casos preliminares da variante ômicron da covid-19 no Brasil


O Brasil registrou, de forma preliminar, os 2 primeiros casos da variante ômicron da covid-19. A confirmação veio do laboratório do Hospital Albert Einstein de São Paulo. Agora os resultados voltam a ser analisados pelo Instituto Adolfo Lutz a fim de análise laboratorial mais completa.


Em nota, a Agência Nacional de Saúde disse que “o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras. O laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29/11 e, na data de hoje, 30/11, informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron do Sars-Cov-2”.


Um dos pacientes detectados com a nova variante entrou no Brasil no dia 23 de novembro, antes de ser anunciado a proibição de voos do continente africano. A Portaria Interministerial foi emitida no dia 27 de novembro de 2021 e proíbe voos com destino ao Brasil que tenham origem ou passagem pela República da África do Sul, República de Botsuana, Reino de Essuatíni, Reino do Lesoto, República da Namíbia e República do Zimbábue.



Portal C8 Notícias

Foto: Agência Brasil